• Telefone CRO-CE +55 85 3464-2100 / 0800 2750 530
  • E-mail CRO-CE cro@cro-ce.org.br / ouvidoria@cro-ce.org.br
  • Horário de atendimento CRO-CE Atendimento: De Segunda a Sexta, 09h às 18h
  • E-SIC CRO/CE
  • Ouvidoria Conselho Regional de Odontologia do Ceará
  • Acesso a informação

Prática ilícita da Odontologia é tema de conversa com estudantes

Publicado em 29/11/2022

A Odontologia só pode ser praticada por profissionais habilitados na área, isto é, cirurgiões-dentistas, técnicos e auxiliares em saúde bucal e prótese dentária e, claro, cada um com suas atribuições e restrições.

Mas o que parece óbvio, nem sempre é!

O CRO-CE levou um pouco sobre os casos da prática ilícita da Odontologia para uma conversa com os estudantes de duas turmas do 6º semestre da Unifor. O encontro aconteceu na semana passada. A turma da manhã recebeu a conselheira Adriana Correia e a da tarde a conselheira Patrícia Oliveira. As cirurgiãs-dentistas contaram um pouco para os alunos sobre as rotinas de fiscalização do CRO-CE também em relação às pessoas que não são profissionais da odontologia, mas que, de forma criminosa, tentam exercê-la.

Além disso, as conselheiras trataram sobre casos de exercício ilícito enquadrados pela comissão de ética do Conselho. Situações como atendimento de cirurgião-dentista feito por auxiliar em saúde bucal, técnico em saúde bucal fazendo manutenção ortodôntica, laboratórios de prótese realizando atendimento direto ao paciente, dentre outros.

Ainda que prática e teoria se encontrem nos bancos da faculdade, nas experiências de estágio e no dia-a-dia acadêmico, geralmente é apenas na vivência profissional que os estudantes vivenciam a realidade do fazer odontológico em suas minúcias. Fazer parte da formação de novos profissionais atentos ao que é correto é também missão do Conselho.